FELIZ DIA DA ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL – Rev Altieres Fernando Miola

“Bem aventurados aqueles que leem e aqueles que ouvem as palavras da profecia e guardam as coisas nela escritas, pois o tempo está próximo”.  Apocalipse 1.3

 

A escola dominical, em suas feições modernas, nasceu em fins do século XVIII, na Inglaterra. Expulsos do campo por poderosos proprietários rurais, centenas de milhares de camponeses que, até então, viviam de sua própria produção artesanal, migraram para a cidade onde as primeiras indústrias os contrataram sem qualquer tipo de proteção trabalhista. A jornada de trabalho podia chegar a 16 horas seguidas em condições extremamente precárias, que colocavam em risco a vida e a saúde dos trabalhadores por um salário irrisório.

Separadas dos homens, as mulheres e as crianças trabalhavam em condições ainda piores, em fábricas onde eram amontoadas sem qualquer segurança e sem higiene.Nessas circunstâncias, o esfacelamento da família cristã tradicional levou ao aumento da pobreza, do alcoolismo, da violência física contra as mulheres e as crianças e à quase ausência de vida em comum, devido ao longo tempo passado em atividades laborais escravizadoras.

Felizmente, a Inglaterra ainda vivia um período de avivamento cristão em fins do século XVIII: líderes anglicanos e metodistas revitalizaram o ensino das Escrituras por meio de ações sociais ousadas voltadas para a numerosa população carcerária, os pobres, os órfãos, as crianças abandonadas, os operários e os dependentes do alcoolismo. O líder anglicano Robert Raikes (tido como o criador da moderna escola dominical), também jornalista, iniciou em 1780 uma escola dominical destinada às crianças, que aprenderam a ler e a escrever por meio da Bíblia. Em 1785, surgiu uma sociedade voltada para a criação de escolas dominicais e, um ano depois, cerca de 200.000 crianças já estavam sendo ensinadas em toda a Inglaterra.

Portanto, as crianças foram o alvo prioritário da nascente Escola Dominical, por tratar-se do segmento da população mais indefeso e mais exposto aos efeitos devastadores da primeira revolução industrial inglesa que dissolveu os laços e os valores tradicionais da família cristã. O cristianismo devolveu-lhes dignidade e esperança.

No Brasil, a Escola Dominical chegou com as primeiras missões protestantes, fundada pelo casal Robert e Sarah Kalley, em Petrópolis. A primeira escola dominical presbiteriana foi fundada em 1861 por Ashbel Green Simonton (o fundador do Presbiterianismo no Brasil), no Rio de Janeiro, embora tenha passado a funcionar de modo mais sistemático a partir de 1867.

Que Deus abençoe a nossa ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL. Que cada professor e aluno sejam alvos da graça e da misericórdia do nosso Senhor, do conhecimento da Santa Escritura e no viver de modo digno, cada dia mais parecidos com Jesus.

Fonte: A contribuição histórica foi baseada no texto escrito pelo Rev. Alain Paul Laurent Rocchi, da Igreja Presbiteriana do Gama, no Distrito Federal. Acesse: http://ipcg.org.br/dia-da-escola-dominical/

 

Esta entrada foi publicada em Mensagens. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Segunda IPB - Comentários

Comente aqui e compartilhe esse link no seu Facebook!