NÓS, TRANSTORNADORES DO MUNDO! – Rev. Altieres Fernando Miola

“Estes que têm transtornado o mundo chegaram também aqui, […]” Atos 17.6b

Segundo o dicionário da língua portuguesa, transtornar é modificar a ordem, desorganizar, causar perturbação e mudar a forma de viver. Talvez, de início, a expressão possa parecer algo desconfortável, pois não gostamos de ser achados como pessoas que desorganizam ou causam perturbação. No entanto, dentro do contexto do texto de Atos, vemos que ser chamados de transtornadores foi um elogio a Paulo e Silas, pois, chegando a Tessalônica, eles causaram um rebuliço na vida das pessoas e da cidade, ao ponto de alguns serem convencidos pela mensagem do evangelho de Deus, bem como alguns serem tomados de ciúmes e procurarem, de todas as formas possíveis, incriminarem os enviados de Deus por traição a César e seu domínio.

Nessa semana que se passou tivemos a SEMANA DE ORAÇÃO e, baseado nessa porção das Escrituras, foi que refletimos e oramos para que sejamos chamados de TRANSTORNADORES onde nós estivermos. Assim, eu pensando na minha vida e você na sua, quais os locais onde Deus te colocou? Na família? Na escola? Na faculdade? Nessa comunidade de amor? No seu bairro? No seu serviço? Onde o Senhor te colocou é o local para que você modifique a forma de viver das pessoas e a forma como elas vêm o mundo. Você, exatamente você, é o instrumento de Deus para impactar a vida das pessoas que estão ao seu redor constantemente.

Na revista da SAF (Sociedade Auxiliadora Feminina), do trimestre abril, maio e junho, existe um artigo intitulado “CHAMADOS PARA TRANSTORNAR O MUNDO”, de autoria de Célia Concessa dos Santos Montemor, onde lemos:

 “Com a chegada de Paulo e Silas, Tessalônica nunca mais foi a mesma. O transtorno não era somente pela presença dos missionários, mas especialmente pela poderosa mensagem que eles traziam, a pregação das boas novas que altera e transforma a vida das pessoas. Sim, o evangelho transtorna o mundo. Alguns comentaristas costumam dizer que transtornar no original grego é “virar de cabeça para baixo”. No entendimento do povo, era exatamente isso que Paulo e Silas faziam com sua pregação por onde passavam. Acreditamos que a nossa maior dificuldade nos dias de hoje é não ter coragem para ser “um transtorno” na vida dos ímpios, não “provocar” a sociedade em que vivemos. Igreja inerte e sem vigor não cumpre a sua missão de proclamar as boas novas”

 Assim, que eu e você, em todos os locais onde Deus nos colocar, sejamos agentes transtornadores, que mudarão vidas e realidades para a glória de Jesus. Coragem povo de Deus!!

Esta entrada foi publicada em Mensagens. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Segunda IPB - Comentários

Comente aqui e compartilhe esse link no seu Facebook!